Image Map

Piores Livros Para Se Ler Durante A Ressaca



Algumas semanas atrás fiz um post sobre Livros Para Te Tirar Da Ressaca, e então decidi fazer um com os piores livros para se ler durante a ressaca.

Os livros que citados já foram lidos, e são os livros que se eu lesse ou tivesse lido durante uma ressaca teria sido a pior coisa, minha ressaca se prolongaria mais. Talvez esses mesmo livros também não seja uma boa para vocês lerem durante a ressaca, ou talvez seja o oposto. Essa é a minha opinião, a que eu acho que pessoas também ficariam de ressaca ao lerem esses livros, mas pode ser que no seu caso esses livros não te fazem ficar de ressaca ou só piorariam sua ressaca caso você os lesse durante uma ressaca. Cada um tem um gosto.
Os livros citados que tiverem resenha deixarei o link.


Trilogia Trylle (1, 2, 3)
Terminei essa trilogia muito recentemente, e foi o porre lê-la. Precisei me firmar nela, lendo umas cem páginas por dia, pois se eu ficasse de corpo mole com os livros dessa trilogia eu iria acabar ficando o mês inteiro presa nesses livros.


A Maldição Do Tigre (1, 2, 3)
Com certeza esse é um escândalo kkk. Sei que muitos amam muito essa série, e ela não é ruim. Mas o que me mata nela é o romance pesado, é meloso demais pra mim e infelizmente o foco dos livros é o romance, se fosse a ação até que seria incrível porque a autora escreve impressionantemente bem as partes da ação, mas o romance... É bobo demais, é grudento demais e estragou a história para mim. Até hoje estou enrolando para ler o último livro, mas preciso lê-lo ainda esse ano, e quando for fazer isso preciso pegar firme nele, pois se não ficarei presa nesse livro com preguiça de lê-lo. Estou até com medo de pegar o quarto livro e depois que o terminar ficar de ressaca, todos os livros dessa série (com exceção do primeiro) me deixaram de ressaca ao lê-los.


Li esse livro e demorei quase dois meses para finalizá-lo. Foi o pior porre do ano pra mim, fiquei de ressaca durante a leitura e após. Foi difícil de sair dessa ressaca, na verdade acho que foi a ressaca mais longa que já tive, e isso atrasou minhas leituras do inicio do ano. É um livro extremamente parado e... E parado kkk, é muito parado. Tinha tudo para ser bom, eu tinha altas expectativas, mas me decepcionei.


Sonhos (1, 2)
Na época que li o livro, ao finalizá-lo, dei quatro estrelas. Até hoje me pergunto por quê. Li esse livro quando era muito jovem, e claro que crescemos e amadurecemos. Hoje em dia quando penso nesse livro, ele me parece extremamente bobo e irritante, tanto é que me faltam forças para continuar com a série (faltam dois livros para terminar, e eu vou terminar... Só não sei quando). Durante a leitura do primeiro livro, me lembro de entrar em uma ressaca, e acredito que foi minha primeira ressaca literária. E ela durou por muito tempo, não tanto tempo quanto foi a desse ano, mas mesmo assim eu me lembro de levar um tempo pra sair daquela ressaca.


Tenho certeza que muita gente ama esse livro. Mas eu não. Durante a leitura eu fiquei numa vibe bem bad, não sei dizer, mas esse livro me trouxe uma sensação ruim, e, como se não bastasse eu me sentir estranha durante a leitura, também tive uma ressaca com esse livro. Ele é muito bobo pra mim e depreciativo de certo modo (pelo menos foi mais ou menos essa sensação que tive, e eu era muito nova quando li o livro), também é parado demais. E estranhamente penso em calor quando esse livro me vem à mente... Um calor ruim, tenso, desconfortável... Sei lá, simplesmente me vem isso a mente.
Revejo a resenha que fiz a muitos anos atrás e me pergunto, novamente, o que eu tinha na cabeça. Hoje em dia vejo-o com uma visão completamente diferente.


Eu amei o primeiro livro e estava louca para ler o segundo que eu já tinha em mãos, mas a Editora não lançava de jeito nenhum o terceiro e último livro, e eu não sabia se eles tinham abandonado a trilogia ou não, porque anos se passaram e eles não publicavam de jeito nenhum o terceiro livro. E a época eu pesava: “do que adiante prosseguir com a série se a editora não vai publicar a continuação?”, por esse motivo eu demorei anos para pegar o segundo livro para ler. Só quando a editora anunciou o lançamento do terceiro livro é que eu peguei Atrás do Espelho para ler. E foi uma merda! Mais um porre. Eu peguei o livro para ler em uma época de ressaca, e o livro se tornou ruim pra mim, uma péssima leitura. O engraçado é que eu não devia culpar o livro (nesse caso ele não devia estar nessa lista) e sim o tempo em que o li, pois o momento não era bom. Eu estava em uma ressaca horrível e tudo que eu pegava para ler se tornava chato e horrível. Mas infelizmente ao pensar nesse livro, me vem uma sensação de ressaca ruim, então eu não o leria se estivesse em uma ressaca.


Esse livro não me trouxe ressaca nenhuma. Foi uma leitura interessante, mas decepcionante ao mesmo tempo. Esperava muito mais do livro, ele é triste, mas nem tanto, é divertido, mas nem tanto... É tudo muito meio a meio. É um livro parado e que não faz meu tipo, mas de certa forma foi uma leitura interessante. Mas eu sei que se eu o lesse de novo hoje em dia, eu entraria de ressaca. Quando penso nesse livro me pergunto como tive forças para lê-lo. Foi uma leitura interessante e ao mesmo tempo esquisita, pois a história desse livro é esquisita. Não muito esquisita... Só um pouco.


Foi difícil pra mim na época terminar esse livro, eu o odiei e me pergunto porque dei nota quaro pra essa coisa. Quando o li fiquei tão entediada que acabei de ressaca. Livro doido e sem lógica pra mim, parado e sem sal... O filme foi bem melhor e é super diferente do livro. Não sei o que eu tinha na cabeça quando dei nota quatro para esse livro (isso foi a uns quatro ou cinco anos atrás, talvez até mais). Se eu lesse esse livro hoje, me jogaria da ponte... Não, melhor: jogaria o livro na ponte. Tenho certeza que alguns de vocês vão me xingar porque tem bastante gente que gosta desse livro kkkk. 

Resenha - Iniciada



Livro: Iniciada #3
Autora: Amanda Hocking
Editora: Rocco
Páginas: 335
ISBN: 978-85-7980-192-1
Pontuação: 




Tentei pegar o mais rápido possível esse último livro para ler, pois não queria mais saber dessa trilogia que até então estava muito chata.


As páginas são amareladas, a fonte é pequena, têm vinte e seis capítulos, epílogo, e um conto extra de dois capítulos que se passa dois anos após os acontecimentos do terceiro livro.

(capítulo)

(páginas)


Wendy já se decidiu. Se casará com Tove e assim poderá fazer as coisas que quer para o Reino, pois se não se casasse com Tove muitas pessoa dariam um jeito de tira-la do trono por não confiarem nela. Mas ela ama seu povo e quer lutar por ele, e ela lutará.
A guerra contra os Vittra se aproxima cada vez mais e Oren, o Rei tirano Vittra também seu pai, não irá poupar esforços para ter Wendy e assim ter os Trylle em seu domínio. Mas Wendy irá impedir que isso aconteça custe o que custar.
Com a Rainha Elora morrendo, Wendy precisa se ocupar com os deveres dela e ser uma princesa quase rainha traz muito peso, mas Wendy está disposta a passar por tudo desde que seu povo esteja satisfeito e seguro. Wendy não tem a vantagem do seu lado, mesmo após Loki, o príncipe Vittra, pedir anistia e ela o conceder, mesmo ele trazendo certas informações, Wendy e seu povo não são fortes o bastante contra o Rei Vittra, sendo assim, Wendy terá que dar tudo de si e mais para salvar todos que ama.


O livro é bem rápido de ler, mas é chato. Ele é rápido porque os capítulos são bem curtos e a autora parece que pula muita coisa, o que faz com que a história ande rápido, mas não de uma maneira legal. A história me pareceu meio incompleta, é muita coisa que geraria um longo dialogo que a autora acaba encurtando para uma ou duas páginas.


Wendy não mudou nada durante os três livros, pelo menos não muito... A autora tentou fazer uma garota valente e responsável que carrega todo o peso do reino nas costas e somente ela carrega isso. Mas o que me pareceu durante o livro todo é que a Wendy parecia aquele tipo de garota que insiste em receber elogios ou gracejos. Em todo o momento ela insistia em algo e as pessoas a volta dela sempre repetiam: “Não Wendy, você é importante demais para fazer isso” ou “Wendy você é forte e incrível e esperta...”. A todo o momento as pessoas diziam isso e mais para ela sempre que ela queria fazer algo imprudente ou se alto-martirizava, e isso era toda hora. Não passava um minuto se quer e ela fazia a pessoa repetir a mesma coisa. Ela foi tão idolatrava e protegida nesse livro de uma maneira super exagerada e desnecessário que a impressão que deu é que ela estava forçando elogios das pessoas. Ela é muito bobinha e esse negócio de bancar a heroína exagerada (onde tudo era culpa dela, onde TUDO dependia dela, tudo era por causa dela, tudo somente ela podia fazer, tudo era ela) foi demais... Foi ridículo. Foi forçado.
Gostei do fato de ela ter caído na real com relação ao Finn; perceber que ele nunca lutou por ela como devia, e gostei de ela ter dito umas boas verdades na cara dele.


Loki é um cara legal, mas não me conquistou. Eu esperava que me conquistasse, mas ele é um personagem bem... Nem um pouco grande coisa. Não me despertou paixão, amor, não vi química entre ele e Wendy, o romance deles foi muito rápido. Já no segundo livro as coisas correram de uma maneira veloz, e nesse terceiro foi em menos de segundo. Não deu tempo de ter uma química, a personagem, e o personagem, simplesmente já caiam de amores um pelo outro.

Finn quase não tem presença e isso foi um alivio, e quando ele aparecia não ficava muito tempo, o que era bom. Eu não gostei muito desse personagem desde o primeiro livro, e nesse segundo ele... Ele não aparece muito, então não tenho uma opinião completa, só que foi bom ele estar distante.


Rhys e Matt mal aparecem no livro, são fantasmas completamente, a autora parece ter se esquecido deles principalmente do Rhys que deu um enorme chá de sumiço. Ele é mais citado do que tem presença, ele só aparece poucas vezes e dá para contar em uma mão quantas vezes ele teve presença, e posso garantir que nem dá cinco vezes. Ela não soube trabalhar muito bem com esses dois, como se não conseguisse achar o lugar deles na história (então pra que criou eles?) e por isso ela simplesmente deixou eles de lado e prosseguiu com a história, e no final achou um “cantinho” vago para por os dois, principalmente Rhys, e pronto... Simples assim esses dois existiram, só que só serviram para enfeites, aqueles enfeites que você mal nota que está ali, nem parece estar ali.


Elora está fraca, está morrendo e mal aparece no livro também, mas quando aparece ela decide despejar toda a verdade ou alguns fatos em cima da Wendy. Ela não é mais uma megera, mas isso ainda não me fez gostar dela por completo, por mais que ela tenha explicado o motivo de ter sido como foi, ainda não engoli ela e pra mim ela continua sendo uma megera kkk.

Os personagens dessa trilogia são muito fracos, são super mal explorados, sem falar nesse universo Trylle que é super pouco explorado. Não temos tantos detalhes quanto deveria ter, não temos uma história completa, não temos um mundo maravilhoso... Poderia ter sido um mundo maravilhoso, essa história poderia ter sido incrível afinal é tão raro encontrar histórias sobre Trolls de uma maneira diferente como essa. Tinha tudo para ser muito legal, mas a autora não soube trabalhar com o que nos apresentou, ela cagou muito e novamente me senti lendo uma fanfic amadora, daquelas mal escritas onde não existe muita explicação para quase nada e tem personagem super sem sal. As coisas parecem muito resumida, como se a autora não quisesse se prolongar muito e... Pareceu tudo muito incompleto e muito rápido.


A “guerra” desse livro foi tão rápida que eu fiquei com muita raiva. Mal inicie o capítulo onde é mostrada toda a “luta” e de repente três páginas à frente tudo terminou... Gente, como assim? Foi tão fraco e sem elemento nenhum que... Eu não sei nem o que dizer.

Não gostei da trilogia, foi uma decepção. Só não foi péssima porque dei créditos ao fato de ter sido uma leitura diferente, nunca li nada sobre Trolls e por mais que a trilogia tenha sido um porre pra mim, ela meio que foi original, pelo menos com relação aos Trolls e foi interessante ler algo de uma fantasia diferente.



Image Map
©MY SECRET BOOKS 2015 ♥TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ♥ DESIGN E ILUSTRAÇÃO POR TALITA THOMAZ♥TECNOLOGIA DO BLOGGER.