Image Map

Resenha - P.S.: Ainda Amo Você


Livro: P.S.: Ainda Amo Você #2
Autora: Jenny Han
Editora: Intrínseca
Páginas: 298
ISBN: 978-85-8057-869-0
Pontuação: ★★★★★ 



Eu to tentando ler essa trilogia devagar, mas ta difícil porque ela é muito gostosa e fico querendo pegar logo o próximo livro, acho que mês que vem devo pegar o segundo livro para ler.


As páginas são amareladas, a fonte é pequena, têm cinquenta e seis capítulos super curtinhos.

(Capítulo)

(Páginas)


Lara Jean esta decidida. Sim, ela está apaixonada de verdade por Peter e agora terá que correr atrás de uma reconciliação... Quem sabe uma carta dizendo tudo o que sente?
Seu primeiro relacionamento sério, o primeiro namoro. Tudo é novo, um sentimento e duvidas novas. Será que ela deveria fazer isso? Tudo bem se sentir isso? Tudo bem não apressar as coisas? Com sua irmã mais velha e mais experiente fora, Lara Jean está um pouco perdida com relação, a saber, como agir ou fazer. Mas ela consegue se virar sendo ela mesma e sentindo o que quer sentir, e claro, ela tem sua irmãzinha Kitty para ajudá-la, mesmo a pequena sendo muito nova. Lara Jean deixa as coisas rolarem, mas aquela pulga atrás da orelha, que se chama de Genevieve ex do Peter e ex melhor amiga, não para de incomodá-la.


Gen é uma pessoa controladora, manipuladora, e uma víbora capaz de fazer qualquer coisa para ter o que quer. Para Peter pode não parecer, mas Lara Jean sabe muito bem que a amizade de ambos é algo muito mais para Gen. Além disso, Lara Jean recebe uma carta de um antigo amigo, um antigo amor. A carta é uma resposta a sua própria carta enviada pela sua irmãzinha Kitty, uma carta que era secreta, uma confissão de amor para um antigo amigo que Lara Jean foi apaixonada: John Ambrose McClaren. Desde que ele mandou uma resposta para Lara Jean, ambos agora se comunicam muito através de cartas, até que se encontram pessoalmente  e se conhecem novamente depois de muito tempo.


Um livro muito gosto e super divertido. Com personagens maravilhosos e cativantes, um clichê muito gostoso.
Lara Jean é uma figura, uma garota doce e muito inocente. Adorei sua caminhada nesse livro onde ela descobre sentimentos novos, situações novas. Ela meio que se descobre um pouco nesse livro agora que têm um namorado pela primeira vez. Ela precisa enfrentar o ciúme e outros tipos de sentimentos muito fortes. No inicio eu achei que ela se prendeu muito, como em todas as vezes que o Peter defendia muito a Gen ela ficava bolada, mas deixou passar porque não queria ser o tipo namorada ciumenta, a questão é que ela conhece muito bem a Gen e sabe que tudo que ela está fazendo para ficar perto de Peter é uma vantagem para ela. Em muitos momentos fiquei com vontade de sacudir Lara Jean e manda que ela batesse no Peter para que talvez assim ele abrisse os olhos.


Peter foi muito imbecil nesse livro, na verdade foi um meio namorado idiota. Ele ficou muito do lado da Gen sabendo o quanto isso magoava Lara Jean, mesmo ele sempre falando que nada demais acontecia e que ele só estava ajudando Gen a passar por um problema muito difícil para ela... Aff gente! Ele deu uma mancada ainda maior por ter descoberto algo que Gen fez e ainda defendido ela!



John é o mais novo personagem desse livro, ele teve uma brevíssima participação no primeiro livro. Em muitos momentos cheguei a shipar realmente Lara Jean e ele juntos, porque Peter estava realmente pisando na bola e o John sempre estava do lado da Lara Jean, passaram momentos muito divertidos que reviveu Lara Jean em muitos momentos. Lara Jean e John parecem ter mais passados juntos do que Peter e Lara Jean tiveram, sabe... Mais lembranças juntos.

(Esse livrinho de receitas ganhei na compra do último livro dessa trilogia na Bienal, ele têm, se não me engano, três ou quatro receitas deliciosas de vários tipos de doces)

Gen é mais mencionada do que aparece, mas não deixa de marcar presença e sempre que está lá ela joga umas indiretas ou provoca Lara Jean. É uma víbora realmente. Achei que ela tirou vantagem do problema que estava passando para ter Peter perto dela... Achei não... Tenho certeza disso kkkk. E a marionete (Peter) foi atrás dela no estalar de dedos aff!


Josh mal aparece no livro, na verdade ele só aparece umas duas ou três vezes e também é mal mencionado. É um personagem esquecido propositalmente, agora que ele e Margot terminaram e ela está longe, a vida segue e ele ta seguindo com a dele. Só que isso fez ele ficar mais afastado da família de Lara Jean, porque ele era muito ligado com a família dela, mas assim que ele e Margot terminaram essa ligação se desfez, enfraqueceu. Eu gostei da ausência dele, porque ele foi apenas uma base para o inicio da história, seu trabalho nessa trilogia já foi cumprida, agora é seguir em frente mesmo...


Gente, como eu amo muito a família de Lara Jean! Margot só da presença mesmo no inicio do livro, e depois ela é mais mencionada mesmo, já que ela está longe né. Mas temos a presença de Kitty, a pequena da família, a mais agitada e sincera, a mais fofa e a mais engraçada. Amo a relação que Lara Jean tem com suas irmãs, amo a relação com o pai que também tem bastante presença nesse livro.


É um livro muito legal, muito divertido, muito leve onde você consegue ler em um piscar de olhos, em um dia! Apesar da fonte pequena, os capítulos são curtos e muito rápidos de ler. Você está na página dez e uns dez minutos depois você está lá para a página quarenta! É realmente uma leitura relaxante, gostosa, que aquece o coração.



Livros Para Trazer Novas Experiências



Amo livros que me fazem viver novas experiências, só que eu confesso que sou um pouco chata com certas coisas. Como vocês já estão cansados de saber, eu sempre prefiro fantasia a qualquer outro gênero. Gosto de Triller, gosto de terror e suspense, mas me enjoou fácil, fantasia é algo que posso ler direto o ano inteiro que não me enjoou. Mas de vez em quando gosto muito de me arriscar, às vezes leio alguns clássicos, Young Adult, ficção cientifica, distopia e etc. Mas esses livros desses outros gêneros normalmente não conquistam meu coração, é muito raro eu favoritar algo desses tipos de livros.  Normalmente eles costumam ter nota três ou quatro para mim, as vezes até notas mais baixas, porque normalmente esses tipos de livros não me prendem ou me deixam muito eufórica/entusiasmada com a leitura.


Se você é como eu, hoje eu trouxe alguns livros de gêneros diferentes que me fizeram ter outra experiência, alguns livros que me fizeram sair da zona de conforto; livros que podem fazer você sair da zona de conforto e experimentar coisas novas, coloquei na lista algumas fantasias que para mim foram bem diferentes das fantasias que já li.
Os livros que tiverem resenha deixarei o link.


Esse foi um livro que me surpreendeu. Como eu já disso não costumo gostar desses tipos de livros então eu não esperava muita coisa dele, mas me surpreendi! Ele é cheio de mistério, pouco focado no romance o que foi ótimo, divertido e me traz a sensação de conforto. Amei demais conhecer Itália, amei cada personagem e cada lugar mágico que esse livro descreve.


Esse é um dos livros antigos da minha estante. Eu amava muito a Editora ID e tenho quase todos os livros que eles já publicaram. Infelizmente eles encerraram o trabalho e muitas séries e trilogias ficaram sem suas continuações publicadas, The Blessed foi uma delas. Essa história é incrivelmente legal e traz um mistério bem interessante, algo que, infelizmente, ainda não descobri porque só foi publicado esse primeiro livro aqui no Brasil. Mas esse primeiro livro é cheio de segredos, mistérios, têm uma imagem gótica da história, pois se trata de santas reencarnadas. Não tem muito romance, mas está presente brevemente no livro.


Mais um livro que me surpreendeu. Comprei o primeiro livro há muito tempo, mas deixei-o pegando poeira por longos anos na minha estante. Depois que lançou o terceiro livro, eu comprei na Bienal o segundo e o terceiro e quando cheguei em casa decidi pegar o primeiro livro para ler logo. Depois fiquei me perguntando por que eu não tinha pegado esse livro antes? Ele é um clichê, mas um clichê gostoso de ler, não fiquei entediada, me diverti lendo esse livro, adorei cada acontecimento e já estou ansiosa pelo segundo que irei pegar em breve.


Meu primeiro livro sobre a Segunda Guerra Mundial. Não costumo ler esse livros emocionantes que faz com que o leitor leia chorando quase a história inteira para no final sofrer com a morte de um personagem querido (de vez em quando isso acontece em fantasia também, a diferença é que temos mais ação/batalhas/guerras nesses livros que faz com que tenhamos mais adrenalina do que chororo). Esse livro não tem um foco na Guerra em si, é mais voltado para espiões e quando eles são pegos pelos inimigos é mostrada a tortura. Nesse livro temos duas personagens fortes e maravilhosas, uma delas foi pega pelos Nazistas e está sendo interrogada/torturada. Acompanhamos essa forte história até descobrirmos que tudo o que lemos na primeira parte (o livro é dividido em duas partes) foi uma mentira, que a personagem estava jogando... Vocês só entenderam melhor ao lerem o livro. É um livro que não é fácil de ler, pois ele pode ser bem chatinho no inicio, mas a história fica melhor para a página sessenta e alguma coisa.


Esse livro não me conquistou por completo. Mas tem algo nessa série, que não sei dizer o que, que me vicia e me fascina. O livro traz um mundo legal, ferramentas interessantes, personagens interessantes, mas confesso que a história é meio lentinha. Eu gosto bastante de ver os mundos paralelos que a personagem Margaret viaja, gosto principalmente do personagem Paul, é um personagem que é muito reprimido, muito na dele, o que faz com que ele seja um mistério, um personagem que não revelou muito e você só fica querendo saber mais dele. Esse ano irei terminar a trilogia lendo o último livro.


Esse livro foi bem diferente de qualquer fantasia que já li. A “jogada” da autora de quem é o príncipe e quem é o assassino foi a maravilha desse livro, mas claro que também o mistério que envolve esse mundo criado pela autora, o mistério sobre o poder de Lia e outras coisas também, são muito legais e te prendem muito na leitura.


O primeiro livro não me conquistou muito, mas o segundo e o terceiro foram os melhores dos melhores. Essa trilogia é diferente, talvez não tão diferente de todas as fantasia que li, porém tem um toque um pouco único da autora, o mundo que ela traz é bem interessante, os personagens e suas histórias são legais. Esse não é um livro muito movimentado, mas ele da inicio a um mistério bem interessante que fica melhor no segundo livro.


Another
Meu livro de terror favorito da vida. Quem já viu o anime? Muito bom também e ligeiramente diferente do livro. Recentemente comprei o Box do mangá que foi lançado em Abril e mal posso esperar para ler. Para quem não sabe a autora iniciou essa história com um livro mesmo, depois teve a proposta de criar um mangá e, se não me engano, ela fez o roteiro e um parceiro de trabalho desenhou o mangá. Another já virou anime e live action que infelizmente não pude ver, mas dizem que é muito bom. Infelizmente nunca resenhei esse livro, e como faz muito tempo que li ele, não seria legal fazer uma resenha agora porque não me lembro dos detalhes e acabaria não ficando uma resenha legal ou completa.

Vou deixar a sinopse para vocês:
"Koichi Sakakibara é um ginasial comum de saúde frágil. Após uma crise pulmonar e uma repentina viagem de seu pai, o jovem é obrigado a se mudar para a cidade natal de sua falecida mãe, Yomiyama, e ficar sob os cuidados de seus avós maternos. Ao se transferir para a escola Ginasial de Yomiyama do Norte, o garoto percebe um estranho clima de tensão entre os colegas e os professores responsáveis pela sala. O garoto foi enviado para a Turma 3-3, uma sala especial. O que Koichi não sabia é que um inexplicável fenômeno ronda essa classe e que, enquanto ele tenta chegar ao fundo dos segredos e acidentes sem acidentes sem sentido do seu novo cotidiano, uma inegável verdade se revelaria: Esse é um ano que tem! Grande sucesso no Japão, o romance de suspense Another rompeu as barreiras da literatura impressa e foi adaptado em mangá, anime e ainda se aventurou em um longa metragem em live-action para os cinemas. No Brasil tanto a animação como o mangá chegaram oficialmente em 2013. O mangá publicado pela Editora JBC se tornou um dois maiores sucessos do ano, e agora você tem a oportunidade de ler o livro que deu origem a ele!"


Espero que tenham gostado do post e das dicas.
Obrigada por tudo!


Image Map
©MY SECRET BOOKS 2015 ♥TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ♥ DESIGN E ILUSTRAÇÃO POR TALITA THOMAZ♥TECNOLOGIA DO BLOGGER.